A pergunta que sempre me fazem nas mentorias de UX Writing…

O que estudar para trabalhar como UX Writer?

Olá! Hoje venho conversar com você sobre o que estudar quando se quer trabalhar com UX Writing.

Além, é claro, de estudar UX Writing é muito importante que você estude também:

UX Design: Estudar a User Experience (Experiência da pessoa usuária) é a base para a Redação UX. Não pule etapas, como dizem “comece pelo começo”;

UX Research: Se desenvolvemos produtos e serviços para as pessoas usuárias, precisamos conhecer e entender a realidade delas para projetar (e escrever) melhor, ou seja, a pesquisa sim é um processo que todas as pessoas que trabalham com UX devem realizar;

UX Writing: A base de tudo, certo? A dica aqui é realizar formações com mestres e em escolas diferentes, afinal, cada um explica e compartilha o conhecimento de uma forma particular, trazendo suas experiências e vivências.

Arquitetura da Informação: Arquitetura de Informação é uma parte do design estrutural de conteúdo, que é o espaço da informação que facilita o acesso intuitivo ao conteúdo pelas pessoas usuárias. Extremamente importante para a nossa rotina.

Acessibilidade: “Pra mim, tudo, absolutamente tudo começa pelo conteúdo! Pessoas que não enxergam não querem saber do seu layout, elas vão ouvir a informação, então, o seu conteúdo é fundamental para o processo. Se a gente fosse seguir etapas corretas, deveria ser: content first (conteúdo primeiro)” (Marcelo Sales). Depois desse mestre, acho que não preciso nem explicar o porquê estudar acessibilidade é tão importante, né?;

Linguagem Simples: Para ter uma boa experiência a pessoa usuária precisa entender de fato o conteúdo e, nós como pessoas que produzem esse conteúdo, precisamos saber usar técnicas para elaborar textos que sejam fáceis de ler e compreender. A Linguagem Simples, que defende que todos nós temos o direito de entender as informações que orientam o nosso cotidiano, oferece essas técnicas.

Escrita Inclusiva: Todo produto e serviço tem o poder de se comunicar com mais pessoas utilizando narrativas inclusivas e acessíveis. Saber escrever de uma forma inclusiva, além de tornar o mundo melhor, melhora o resultado do negócio e traz um propósito a mais para a sua carreira;

Design Conversacional: Segundo pesquisa Think with Google, 27% da população global online está usando a pesquisa por voz no celular. Escrever para chatbots, sejam eles de voz ou texto, é uma atividade cada vez mais necessária e procurada no mercado e você, como pessoa UX Writer, precisa se preparar e desenvolver na área;

Métricas: Texto tá ok, interface tá ok, produto tá ok… mas e aí? Pensou que ficaria livre dos números? Não é bem assim… risos. A gente só consegue melhorar aquilo que consegue medir, portanto é muito importante que você estude sobre métricas para ter insights e dar mais visibilidade para as suas entregas;

Métodos Ágeis: A metodologia waterfall (cascata) — na qual o desenvolvimento de um produto ou serviço é feito de forma linear, com várias etapas pré-definidas — não é mais utilizada, pelo menos em startups. O mundo muda e a forma de trabalhar, se organizar e produzir muda também. E você precisa aprender a trabalhar em um ambiente dinâmico. Estude métodos ágeis para não se frustrar e conseguir entregar o seu melhor no ritmo que é solicitado.

Mais uma dica: use o Kanban, para organizar os seus estudos.

DICA: Se você gosta de um bom papo e quer saber mais sobre UX Writing e as pessoas que trabalham na área, ouça o podcast UX Writing Cast! O projeto conta comigo, idealizadora e podcaster host, Alê Periard e com as UX Writers e podcasters: Jailma Souza, Rebeca Romano e Tamíz Freitas. Ouça, siga e avalie com 5 estrelas: https://spoti.fi/32OE1GS

Para mais links e cupons de desconto, acesse: https://znap.link/aleperiardux

Até a próxima!

--

--

Designer de Conteúdo | Ux Writer | Me encontre aqui: https://znap.link/aleperiardux

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store